Poucas pessoas sabem o que é um estatístico e o que ele faz. E diante da diversidade de trabalhos que podem ser realizados por este profissional não é difícil encontrar casos, onde nem mesmo ele sabe tudo que pode fazer. Não me entendam mal, mas há muitos momentos reflexivos dessa profissão, já que podemos trabalhar em praticamente qualquer área. Esse é um dos motivos que me fizeram criar uma série em 10 tópicos, chamada de: verdades sobre um estatístico.

O tópico que eu resolvi comentar foi sobre o primeiro contato do estatístico com os dados. Quem nunca foi questionado com a seguinte pergunta: você pode dar uma olhadinha nos dados?” E a resposta sempre vem com um sorriso “maroto”.

Isso acontece na faculdade, no trabalho, na família, e vai continuar acontecendo. Como se “dar uma olhadinha nos dados” respondesse todas as perguntas em um “passe de mágica”. Há até quem diga que seja bruxaria (esse pessoal que prevê eventos não é fácil mesmo).

No entanto meus amigos, para um estatístico, “não existe essa história de dar uma olhadinha nos dados.”

Então não adianta, seu chefe, seu amigo, ou alguém que contrate seus serviços, pedir para você analisar rapidamente os dados. Não se faz isso! Embora, em algumas situações, seja difícil dizer ao chefe que a resposta não vai ser tão rápida. Eu sempre digo: “Eu prefiro entregar certo do que entregar errado. Então temos que definir um prazo adequado”.

“O primeiro passo de um estatístico é fazer a análise exploratória dos dados”.


Material usado

Homem analisando a parede: http://bit.ly/2dK099m

Siga-nos nas redes sociais

Facebook: https://www.facebook.com/oestatistico

Twitter: https://twitter.com/oestatisticoweb

Instagram: https://www.instagram.com/oestatistico

Pinterest: https://br.pinterest.com/estatisticoblog