Nas últimas semanas eu sugeri dois cursos para agregar o conhecimento e facilitar as suas análises estatísticasSe você ainda não viu, corre lá (os cursos já começaram) e confira o conteúdo na íntegra do curso de Ferramentas do cientista de Dados e Linguagem R.

O conhecimento é passado por videoaulas, matérias de jornais, quizzes e provas; além de projetos desenvolvidos durante as aulas.

Eu já fiz 3 cursos no Coursera, e confesso que exigem disciplina, organização e muito comprometimento. Mas tudo isso vale a pena. Sem contar a vantagem de fazer um curso aberto (MOOC – Massive Open Online Course) em um ambiente virtual de aprendizagem. Você pode escolher a melhor hora do dia para assistir suas aulas. Isso mesmo!

Mas tem pessoas que não são disciplinadas; ou não são organizadas; ou perdem a empolgação na primeira dificuldade que aparece. Isso acontece com todo mundo. Acredite! Depende do seu momento. E é para essas pessoas (ou para esses momentos) que vamos escrever hoje.

Felizmente, praticamente tudo que queremos aprender, está disponível o tempo todo, graças à internet. Às vezes o que não está disponível é o “nosso” tempo. Esse sim está difícil de achar. Mas com um “pouquinho” de organização é possível.

E a linguagem de programação R não é diferente. Você tem muitas opções para escolher: aulas, videoaulas, vídeos no YouTube, livros, apostilas, listas de exercícios, podcasts, trabalhos em grupo, projetos, dinâmicas de grupo; até mesmo, “conversas de bar”, por que não?

Mas a linguagem R tem um material específico chamado de “Documentação de Contribuição”.

Lá você vai encontrar materiais genéricos e bem específicos. Apenas para que vocês tenham uma ideia do conhecimento que existe, vejam uma lista que eu separei, em dois idiomas:

Material em Inglês

Material em Português

O que você está esperando? Corre lá, baixe uma apostila e estude no seu ritmo. Umas delas é para você. Encontre a sua. Ou se preferir, assista os cursos sugeridos nos posts anteriores.

Seja qual for a forma que deseja estudar, estude! Continue o aprendizado.

“Fazer alguma coisa é melhor do que não fazer nada!”

Aproveitando a oportunidade, queremos saber: de que forma você adquire conhecimento? Tem alguma dica? Quer compartilhar seu conhecimento? Escreve aí nos comentários. Ficamos felizes quando vocês participam.

Abraço e até breve!

P.S.: A dica de aprender pela documentação do site do R-Project (cran-r) foi do nosso amigo Diogo Provete (@DiogoProvete). Lá vocês vão encontrar materiais bem específicos. Para quem “se vira” no inglês, tem muito mais opção.


Material usado

Imagem do homem com uma xícara na mão: http://bit.ly/2e1QH3R

Siga-nos nas redes sociais

Facebook: https://www.facebook.com/oestatistico

Twitter: https://twitter.com/oestatisticoweb

Instagram: https://www.instagram.com/oestatistico

Pinterest: https://br.pinterest.com/estatisticoblog