Olá, tudo bem com você? Eu resolvi criar uma coluna de resenhas de livros para que possamos aprender juntos com o conhecimento que encontramos dentro deles. Então vamos lá! Hoje tem a 1ª resenha do blog.

Título original do livro: How to Lie With Statistics

Título em português: Como Mentir com Estatísticas

Autor: Darrell Huff

Ano: 1954

Editora: Intrínseca

Resenha

Um dos livros de estatística mais lidos do mundo, recomendado por Bill Gates como uma de suas leituras essenciais, é relançado agora com nova tradução.

Quando foi publicado pela primeira vez, em 1954, o livro de Darrell Huff foi saudado como pioneiro em conjugar linguagem simples e ilustrações para tratar de um tema polêmico e controverso: o mau uso da estatística para maquiar dados e abalizar opiniões. Hoje, em tempos de internet e big data, o livro continua genuinamente subversivo e ainda mais relevante. Qual é, afinal, o grau de confiança que devemos depositar nas análises estatísticas?

Segundo Huff, vale ter sempre um pé atrás. Amostras enviesadas, gráficos dúbios, listagens incompletas: item por item o autor apresenta os vilões da interpretação de dados. Em um capítulo, ele aponta como os gráficos estatísticos, mesmo matematicamente corretos, podem não representar em nada a realidade. Em outro, vemos que uma mesma projeção pode mostrar um futuro positivo ou alarmante, dependendo da amplitude de dados que ela cobre. O livro termina com um brilhante passo a passo para o leitor aprender a diferenciar informação de enrolação.

Escrito com humor e repleto de advertências tão atemporais quanto a ciência matemática, “Como Mentir com Estatística” é uma leitura agradável e absolutamente acessível. Indispensável para quem se vê bombardeado diariamente, seja pela mídia ou pela timeline do Facebook, por infográficos e estatísticas que se pretendem verdades incontestáveis.

Fonte: GoodReads

Minha opinião

Antes de mais nada, gostaria de dizer que esse livro quebrou o meu “pré-conceito” ao ler as primeiras páginas. Parte por minha ignorância e parte pelo título do livro “Como Mentir com Estatísticas”. Ignorei por um bom tempo a possibilidade de iniciar essa leitura, pois a última coisa que eu quero é ensinar você a mentir com estatísticas.

Vencida a barreira da ignorância sobre o livro, comecei a leitura. As primeiras impressões foram excelentes. Logo percebi que não se tratava de ensinar as pessoas a mentir com estatísticas. O livro trata de como identificar e encarar uma estatística falsa e como argumentar contra o resultado apresentado a você. Ele mostra de forma direta como você pode reconhecer se os dados estão corretos e se a análise realizada faz sentido.

Mesmo sendo escrito na década de 1950, o autor já identificava fraudes em dados e análises realizadas para cometer fraudes e manipular as pessoas. Análises que geravam resultados apresentados para toda uma sociedade, por meio de rádio e jornais impressos. Nada muito diferente do que acontece hoje.

Esse é um livro visionário, educativo e atemporal. Eu acredito que todo mundo deveria lê-lo, independente da formação, pois dessa forma passaria a enxergar gráficos e tabelas que vemos diariamente de maneira mais crítica. Ficaria mais difícil qualquer mídia ou rede social enganá-lo sem que você perceba.

E para concluir, vou instigar você a prestar mais atenção nas estatísticas divulgadas em meios de comunicação em massa e redes sociais. Toda vez que tiver acesso a um resultado estatístico, faça essas 5 perguntas:

  1. Quem fez a pesquisa? (empresa, pessoa, instituto, governo)
  2. Como os dados foram coletados? Como ele sabe sobre isso?
  3. O que está faltando de informação?
  4. A abordagem mudou de assunto de uma hora para outra?
  5. Essa estatística faz sentido?

Questione sempre!

Se você já leu esse livro deixe seu comentário. Vamos gostar muito de ouvir sua experiência.

Abraço e até a próxima!


Material usado

Imagem da capa do livro