Select Page

As Visualizações Interativas na Alfabetização Estatística

As Visualizações Interativas na Alfabetização Estatística

Esse texto foi inspirado por uma pergunta que o João me fez pelo Twitter:  “Como discutir distribuições, intervalos de confiança, etc. com quem sequer tem prática de ler um gráfico? ”

Refletindo sobre essa pergunta, voltei meus pensamentos para a comunicação cotidiana realizada em jornais, revistas, redes sociais e programas de TV. Basicamente qualquer notícia que você receba tem uma parcela representativa por meio de gráficos, tabelas e quadros.

Como a população de um modo geral interpreta a mensagem?

Se você for de exatas provavelmente pode achar que a resposta é óbvia, mas para quem não é, as dificuldades são enormes e é preciso compreendê-las para minimizá-las, introduzindo a alfabetização estatística nas escolas, como já acontece em países como Portugal, e com iniciativas de inclusão na base curricular no Brasil.

Mas enquanto a inclusão não acontece, pensei em como poderia ajudá-lo a compreender melhor o mundo e a sociedade. Então lembrei de um projeto muito legal criado por Daniel Kunin com o apoio do Programa Royce Fellowship da Brown University. O projeto tem como objetivo tornar as estatísticas mais acessíveis à sociedade por meio de visualizações interativas.

Sabemos que as estatísticas estão se tornando cada vez mais frequente nas nossas vidas e precisamos entendê-las para compreendermos o mundo. A alfabetização estatística é essencial para uma sociedade que tende cada vez mais ser orientada por dados. No entanto, mesmo com a crescente necessidade de entender a ciência, as abordagens pedagógicas básicas ainda são falhas.

Então ao invés de você ficar esperando que as coisas aconteçam e que outras pessoas interpretem o mundo para você, o que você acha de acessar o “Seeing Theory” e entender por meio de visualizações interativas como a estatística funciona?

O Seeing Theory é uma excelente oportunidade para você compreender conceitos básicos de probabilidade, distribuições, inferência estatística e regressão linear de maneira interativa e educativa.

Um abraço e até o próximo texto!


Amplie seu conhecimento

Por Data Kids: http://www.pordatakids.pt/

Material usado

Imagem dos gráficos: http://students.brown.edu/seeing-theory/distributions/index.html


Raniere Ramos


Estatístico, Blogueiro, Conselheiro do CONRE-4, aspirante a palestrante. Louco por constante aprendizado. Minha missão é promover a estatística de um jeito simples, divertido e ao alcance de todos, como você nunca viu antes.

Assine!

Instagram

Twitter

Arquivos

Pin It on Pinterest

Shares
Share This